segunda-feira, 5 de março de 2007

FOLIÕES INVADEM A MADRUGADA

NEM MESMO O MAU TEMPO ATRAPALHOU O BRILHO DO CARNAVAL 2007 DE VIAMÃO

do site www.viamao.rs.gov.br

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Alegria, colorido e muito samba no pé fizeram parte da mistura do Carnaval 2007 de Viamão, que aconteceu no último sábado, dia 3 de março, na avenida Liberdade, Santa Isabel. Nem mesmo a chuva fina desanimou os foliões que lotaram arquibancadas, camarotes e a boa parte da avenida durante as oito horas de desfiles. Seis escolas de samba disputaram o campeonato deste ano. A primeira a pisar na avenida, não foi nem uma escola, mas sim um bloco carnavalesco. E não era um bloco qualquer. Eram as crianças e os oficineiros do Colônia de Férias, projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (SME), que levaram para a avenida temas como: Preservação Ambiental - Reciclar é preciso, Igualdade Social e Igualdade Racial.

A Colônia do Samba

Pareciam feras do carnaval as crianças do Bloco Carnavalesco da Colônia de Férias. Através das oficinas do projeto realizadas no mês de janeiro deste ano, as crianças aprenderam os principais quesitos para a formação de um desfile de carnaval, e, assim, arrasaram na avenida com coreografias, muito talento e união. A maioria das fantasias e alegorias foi confeccionada com material reciclado pelo grupo Arte com Sucata da Associação dos Recicladores de Viamão

A dona de casa, Vanessa Santos, 27 anos, acompanhou na avenida a performance da filha Natália Tavares, de 9 anos, estudante da 3ª série da escola Santa Cecília. Natália, a porta-estandarte, era puro nervosismo misturado com alegria. A mãe da garota não escondia a emoção de ver sua pequena pisando pela primeira vez em uma passarela do samba. “É muita alegria ver a Natália participar deste desfile. Ela tem muita simpatia e samba no pé”, garantiu a mãe da menina.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Disputa pelo título

As seis escolas estavam prontas e animadas para invadir a avenida e mostrar ao público o que melhor sabem fazer. A Escola de Samba Madalena levantou o público com muita disposição. A campeã do ano passado, Academia de Samba Viamar, homenageou o jornal Diário Gaúcho – Aos olhos do Povo – com alas e destaques inspirados nas páginas do impresso e nas cores do Rio Grande do Sul.

O casal de mestre-sala e porta-bandeira, formado por Seychelles Baptista Negreiro, 13 anos, e Cristiano Brocuá Bueno, 32 anos, acredita que a escola é favorita ao bi-campeonato. Seychelles não escondeu a paixão pela escola. “Somos uma grande família colorida e feliz”. Bueno, que já integrou escolas como a Bambas da Orgia, disse que o trabalho já foi feito e que agora é torcer pela conquista.

Acadêmicos de Padre Réus contou a história da Santa Isabel, com 13 alas. A vermelho e branco, Barão do Upacaraí, com 250 componentes homenageou os lanceiros negros. A verde e rosa, Unidos de Vila Esmeralda, quando entrou na avenida já passava da 1 hora da madrugada. Com 250 componentes, levou para a passarela do samba o tema: Uruguaiana Viamão – a trajetória de um cidadão. O mundo encantado do circo foi o enredo da Academia de Samba Parque Índio Jary, que, com 280 componentes divididos em 12 alas, encerrou a disputa pelo título deste ano.

Eram 3h30mim quando a Unidos de Vila Isabel – 5ª colocada no desfile do grupo especial de Porto Alegre – entrou com charme e muita beleza na avenida, incendiando os foliões que aguardavam a sua evolução e harmonia nota 10.
O prefeito Alex Boscaini acompanhou o desfile de todas as escolas e disse que o carnaval em Viamão é uma festa para toda a família. “Tivemos a apresentação de nossos alunos e a participação da nossa representante no desfile de Porto Alegre.

Isso mostra que os caminhos estão abertos para o surgimento de novos talentos e também a valorização daquilo que pertence à nossa cidade”. Boscaini desejou sorte a todas as concorrentes e garantiu que o mais bonito do carnaval é a integração de todas as comunidades do município.

Carnaval com segurança

Esta é mais uma parceria que dá certo. Para que tudo ocorresse bem, a Secretaria Municipal de Cultura e Esporte contou com a colaboração de 70 policiais militares, do 18º BPM, Vigilância Municipal e membros da academia da Brigada Militar. Já a Secretaria Municipal da Saúde distribuiu na avenida, para a segurança dos foliões, mais de 10 mil preservativos e leques da campanha de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis. Além de espantar o calor, os leques continham o samba-enredo das escolas concorrentes.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Com a presença de representantes de todas as escolas de samba do município, o prefeito Alex Boscaini e o secretário de Cultura, Hélio Ortiz, lançaram o CD com as músicas do Carnaval 20007, de Viamão. "Este momento representa um marco e desejamos que se repita pelos próximos carnavais", ressaltou o prefeito Alex. Já o secretário de Cultura disse que este é um dos diferenciais do carnaval que será realizado dia 3 de março, na avenida Liberdade, Santa Isabel.

"Será um dos melhores dos últimos 15 anos", assegurou. Ortiz também destacou o apoio recebido de outras secretarias do Governo Municipal, como Saúde e Educação, Brigada Militar, Polícia Rodoviária, além de patrocinadores, como a San Marino, Evel e Empresa de Transporte Coletivo Viamão.

Durante o ato, o secretário de Saúde, Ricardo Gross, falou sobre a parceria da Secretaria de Cultura com sua pasta e o Ministério da Saúde para a distribuição de um folheto e preservativos. "A luta contra as doenças sexualmente transmissíveis deve ser permanente e, no Carnaval, que é um momento de festa e divertimento, temos certeza de que esta campanha será muito bem recebida por todos", frisou Gross. O leque que será distribuído na avenida, dia 3, também traz alertas e informações sobre o uso de preservativos.

O evento, que aconteceu no Centro Municipal de Cultura, teve a participação de um grupo de meninas que desfilou com as camisetas das escolas.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Das mãos do prefeito Alex e do secretário Hélio, o Rei Momo Marco Aurélio, que estava acompanhado por sua "Corte" recebeu a "Chave da Cidade", o que marcou o início oficial do Carnaval. Os representantes das escolas receberam também um "kit" contendo abadás (camisetas), leques, CD e folhetos com preservativos.

No final, o Grupo "Caso de Amor", de Viamão, animou a festa, que teve um coquetel oferecido pela Frölich. A Secretaria Estadual da Cultura esteve representada pela chefe de gabinete, Rochele Scot

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

2 comentários:

marichuc disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marichuc disse...

Bom dia!
Meu nome é Mariana, sou escritora de Juiz de Fora, MG. Preciso levantar uma informação para um livro, já que meu personagem é natural da cidade de Viamão. Preciso saber se havia bailes de carnaval cidade (ou região), por volta de 1944. Se sim, onde e como eram (superficialmente). Você tem como me ajudar? Agradeceria muito se pudesse me responder, já que o acesso a essas informações é muito restrito, por causa da distância.
Obrigada! Parabéns pelo blog! É sempre muito importante que seja feita a divulgação da cultura brasileira!
Atenciosamente,
Mariana Schuchter.
Ps. Meu e-mail é marichuc@ig.com.br